Frases de Santos

Homilia › 28/10/2020

Somos Igreja

A festa dos santos apóstolos Simão e Judas oferecem-nos oportunidade para refletirmos e tomar uma consciência mais clara da Igreja, que é simultaneamente corpo de Cristo e templo do Espírito Santo.

São duas dimensões imprescindíveis. Não se pode receber o Espírito Santo sem pertencer ao corpo de Cristo. A razão é clara: o Espírito Santo é o Espírito de Cristo, que se recebe no corpo de Cristo.

A Igreja, todavia, tem um aspeto visível. Por isso, Cristo escolheu os Doze e continua escolhendo os seus sucessores, para formar a estrutura visível do seu corpo. Pertencendo ao corpo de Cristo, podemos receber o seu Espírito e ser intimamente unidos a Ele num só corpo e num só Espírito.

Um outro aspeto que esta festa nos permite colher é a relação entre a oração e a missão. Jesus demora-se em oração antes de decidir a escolha dos Doze. É preciso rezar para discernir o projeto de Deus.

É preciso rezar em ordem às grandes decisões da vida pessoal e comunitária. Nesta perspetiva, a oração não é um momento separado do resto da vida, mas uma atitude prévia à nossa experiência de vida pessoal e eclesial.

Rezar antes de iniciar a missão pessoal e/ou comunitária significa confiá-la Àquele que é o seu primeiro responsável, o dono da vinha, o pastor do rebanho, o Senhor do povo.

Via: dehonianos.org/portal

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.