Frases de Santos

Artigos › 19/06/2020

Quanto valem hoje as 30 moedas de prata de Judas?

silver-936348-640

Judas traiu Jesus pelo dinheiro? É difícil voltar no tempo para descobrir as intenções exatas de Judas Iscariotes, mas podemos pelo menos examinar o preço que Judas cobrou por sua traição e ver se o dinheiro foi tentador o suficiente para fazê-lo entregar o Filho de Deus.
Vamos primeiro olhar uma passagem do Evangelho de Mateus.

Então um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes e perguntou-lhes: Que quereis dar-me e eu vo-lo entregarei. Ajustaram com ele trinta moedas de prata. (Mateus 26, 14-15)

Em termos bíblicos, essa não é a primeira vez que são mencionadas trinta moedas de prata. No livro de Zacarias, o profeta recebe a mesma quantia pelo seu salário diário como pastor.

Eu disse-lhes: Dai-me o meu salário, se o julgais bem, ou então retende-o! Eles pagaram-me apenas trinta moedas de prata pelo meu salário. O Senhor disse-me: Lança esse dinheiro no tesouro, esta bela soma, na qual estimaram os teus serviços. Tomei as trinta moedas de prata e lancei-as no tesouro da casa do Senhor. (Zacarias 11, 12-14)

Além disso, no livro de Êxodo, trinta moedas de prata era o valor a ser restituído por um escravo morto.

Mas, se ferir um escravo ou uma escrava, pagar-se-á ao seu senhor trinta siclos de prata, e o boi será apedrejado. (Êxodo 21, 32)

Mas o que esse valor de 30 moedas de prata significa nos dias de hoje?

Existem várias interpretações. Uma teoria é que as moedas de prata usadas para pagar Judas seriam equivalentes a denários romanos.

Um soldado romano, por exemplo, recebia cerca de 225 denários por ano. Em comparação, um soldado militar moderno dos EUA ganha cerca de 25.000 dólares por ano. Nessa interpretação, Judas teria recebido cerca de 3.000 dólares em valores de hoje.

Por outro lado, vários estudiosos da Bíblia apontam como referência o livro do Êxodo, onde 30 moedas de prata eram o equivalente ao preço de um escravo.

De acordo com o Freedom Project da CNN, site dedicado ao fim da escravidão moderna, “no valores de 2009, o preço médio de um escravo seria o equivalente a 90 dólares”.

Com base nessas interpretações, Judas teria recebido um valor que poderia variar do “piso” de 90 dólares ao “teto” de 3.000 dólares, em valores de hoje.

Com isso em mente, Judas traiu Jesus pelo dinheiro?

Só se pode especular, mas o que está claro é que 30 moedas de prata eram uma compensação insuficiente pelo grande mal da traição de Judas, como ele mesmo percebeu depois, tragicamente.

Judas, o traidor, vendo-o então condenado, tomado de remorsos, foi devolver aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos as trinta moedas de prata, dizendo-lhes: Pequei, entregando o sangue de um justo. Responderam-lhe: Que nos importa? Isto é lá contigo! (Mateus 27, 3-5)

Via Aleteia

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.