Frases de Santos

Catequese › 16/04/2020

Precisamos ser pessoas movidas pela fé, mesmo diante de nossas dificuldades e tribulações. Você pode até me perguntar como assim, eu! Que tenho vivido tantas tribulações, onde esta Deus? Por mais que não percebemos a presença de Deus em nossas vidas Ele sempre esta ao nosso lado é nestas horas que precisamos ter fé e confiar… é pela fé que iremos vencer as tribulações.
Quando se pergunta o que é a fé, é necessário considerar a existência de seus vários tipos, por exemplo, a fé-assentimento da inteligência, a fé-confiança, a fé-estabilidade. Mas, no nosso caso, podemos nos ater àquela que nos possibilita aceitar a salvação que Jesus nos deu. Antes de mais nada é importante dizer que a fé é um dom de Deus, um presente para aqueles que lhe abrem o coração.

A fé é a coisa mais simples e evidente do Novo Testamento – é uma pena que muitos só a descobrem no fim de sua vida – no fundo, trata-se simplesmente de dizer um “sim” a Deus. Deus criou o homem livre para que pudesse aceitar livremente a vida e todo o dom que vem d’Ele. Deus esperava que o homem se aceitasse como uma criatura e respondesse com um “sim” ao seu plano de amor, mas ao invés disso, recebeu um “não”, que configura todo pecado – pois, na verdade, o pecado nada mais é do que o “não” da criatura ao Criador, um rompimento com o seu Senhor. Porém, Deus, que não encontra limites em seu amor e sua bondade, oferece ao homem uma nova oportunidade, uma nova chance de ser feliz e de se realizar, perguntando-lhe: “Você aceita a salvação que o meu Filho trouxe, aceita ser curado de todos os seus males e libertado de tudo o que o oprime para viver uma vida nova em Jesus?”
Ter fé significa dizer-lhe “sim, aceito!”. Quando isso é dito do fundo da alma, com toda sinceridade, nasce uma nova criatura. O homem nasce de novo no exato momento em que Jesus dá a sua vida por ele, e Jesus morre por ele, naquele momento em que ele reconhece a salvação e se torna consciente da vida nova que lhe foi proporcionada pelo sacrifício do Senhor.
Monsenhor Jonas Abib vem nos Dizer:

“A fé é como um gerador de energia elétrica: enquanto permanece em ação, a energia flui; porém, quando perde o ritmo, a luz começa a falhar e tudo se apaga, permitindo, portanto, que o inimigo agrida o nosso “gerador”, que é a fé.

O que agora se afirma é muito importante: os cristãos, a Igreja como um todo, estão sendo violentamente agredidos na fé, que é o dom mais precioso por permitir aos cristãos se tornarem a Arca da Aliança. Além disso, é por ela que Deus habita em cada um; que temos a visão d’Ele, acesso ao Seu poder; e por ela recebemos e usamos a autoridade d’Ele.”

Peça ao Senhor o dom da fé!

 

Pe. Leandro Couto

___________________________________

Referencias:

 

Fonte: http://wiki.cancaonova.com/index.php/F%C3%A9

http://cancaonova.com/portal/canais/pejonas/pejonas_msg_dia.php

Tags:

1 Comentário para “Fé”

  1. Noraney da Silva Farias disse:

    Obrigada, as vezes é assim mesmo ,respondemos aitomaticame e nem percebemos o que respondemos. Deus é muito bom, sempre nos mostra aquilo que parecia não ter mais sentido

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.