Frases de Santos

Formação › 03/01/2021

Confirmação ou Crisma

A Confirmação ou Crisma “tem sua base no mistério da efusão do Espírito no Pentecostes, que inaugurou o tempo da Igreja e a missão dos Apóstolos e dos crentes no mundo”[1]. O tempo da Igreja é o tempo do Espírito Santo. O sacramento do Crisma é o sacramento da plenitude do Espírito, ou seja, é o sacramento que confirma o batizado e o compromete com a comunidade dando testemunho do evangelho. No sacramento da confirmação temos, dois gestos importantes, a imposição das mãos e a unção. “À invocação do dom do Espírito, a confirmação acrescenta o sinal da imposição das mãos, para indicar que o senhor toma posse do crismando. […] A unção, em analogia com a dos profetas, sacerdotes e reis do Antigo Testamento e com a unção de Cristo (cf. Lc 4,18; At 4,27; 10,38; Hb 1,9), é o sinal da atuação divina que vem invadir os corações e transformá-los com vistas à missão conferida a cada um”[2]. Os Sacramentos do batismo e da confirmação compõem duas fases da mesma doação de Deus ao ser humano, enquanto o primeiro imerge a pessoa na intimidade da Santíssima trindade, o segundo a ajuda a fazer brilhar essa nova vida com ardor de uma nova vida conduzida pelo Espírito Santo[3].

 

Por: Pe. Leandro Paulo do Couto

 

______________________

[1] Carlo ROCCHETTA, Os Sacramentos da fé: Ensaio de teologia bíblica sobre os sacramentos como “maravilhas da salvação” no tempo da Igreja, 1991, p. 266.

[2] Bruno FORTE, Introdução aos Sacramentos, 1996, p. 51-52.

[3] Cf. Idem, p. 53,

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.