Frases de Santos

São João Eudes

O século XVII é marcado pelo jansenismo, quietismo, filosofismo; é o século da desconfiança, do esquecimento e do desprezo no que se refere à espiritualidade cristã, mas também é o século de grande renovação da piedade e da devoção realizada por homens como Bérulle, Condren, Olier, Vicente de Paulo, Grignon de Montfort e João Eudes. São João Eudes, nascido em Ri, perto de Argentan, na França, em 1601, é um dos mais zelosos reformadores da vida religiosa de seu tempo. Ingressando na Congregação do Oratório, fundada por Bérulle, e ordenado sacerdote, dedicou-se à pregação entre o povo. Dois anos após estourou a epidemia da peste na Normandia e João foi para lá prestar assistência aos doentes. Não temia o contágio: “Da minha pele até a peste tem medo”, dizia sorrindo. Quando o mal parecia debelado, João contraiu-o, mas superou a crise. Restabelecendo-se, retomou suas missões entre o povo. Era um pregador eficaz e seguido. Alguém contou as missões feitas por ele em todos os recantos da França: foram cento e dez. João Eudes, em 1643, fundou a Congregação de Jesus e Maria (padres eudianos), formada por padres vinculados somente com o voto de obediência. O fim principal da nova congregação era a preparação espiritual dos candidatos ao sacerdócio e a pregação das missões ao povo. Ao lado desta, surgiu a congregação feminina chamada de Refúgio de Nossa Senhora da Caridade, da qual no século XIX derivou a Congregação do Bom Pastor. Nutrido pela espiritualidade de Bérulle, o douto e santo missionário da Normandia colocou em especial relevo o amor afetivo na devoção cristã. São Pio X definiu João Eudes pai, doutor e apóstolo da dulcíssima devoção aos sacratíssimos corações de Jesus e de Maria, fontes daquele amor quente que devia derreter o gélido involucro do temor reverencial propugnado pelo jansenismo. Morto em Caen a 19 de agosto de 1680, com a idade de setenta e nove anos, João Eudes foi canonizado em 1925. A influência deste santo foi grande não só em seu país (renovou a velha Normandia, pobre de vida cristã) mas em todo o mundo cristão.

Outros Santos do mesmo dia: Santo André o Tribuno, Santos Timóteo, Agápio e Tecla, Santa Mogda, Sanro Bertolfo, Santo Sebaldo, São Luis d’Anjou, Beata Emília de Vercelli, Beato Ângelo Acquapagana, Santo Bartolomeu de Simeri, Santo Bernardo, Santo Donato, Santo Ezequiel Moreni Dias, Santo Julio, Beato Guerrico de Igny, Beato Luis Flores, Beato Tomás Sitijar Fortiá e Beata Elvira da Natividade de Nossa Senhora.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.